Ação do PIBID da UNEMAT de Alta Floresta é apresentada aos vereadores

Iniciativa desenvolvida pela UNEMAT de Alta Floresta visa identificar alunos com excelência nas atividades escolares.

       A câmara de vereadores do município de Alta Floresta recebeu na manhã de 4 de dezembro, o Coordenador do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de iniciação a Docência), o Prof. Dr. Sérgio Alessandro Machado Souza e os acadêmicos do projeto, Aline Santos, Camila Batista, Jennefer Barbosa, Melquisedec de Santana, Rayane Alves e Vanessa Firmino.

       Na ocasião, foi apresentado ao presidente do plenário, Emerson Sais Machado (MDB) e aos vereadores Aparecida Scatambuli Sicuto (PSDB), Marcos Roberto Menin (DEM), Mequiel Zacarias Ferreira (PT) e Elisa Gomes Machado (PDT), representada pelo seu assessor; o projeto Boletim Azul, que está em andamento desde fevereiro de 2019, e tem como objetivo valorizar alunos com um bom desempenho no ambiente escolar, a ação visa também aumentar a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) da escola.

       Segundo o coordenador do projeto, a atividade é inédita no município e está sendo realizada, como projeto piloto, na Escola Estadual Cecília Meireles. “A ação vai além de melhorar apenas a nota do IDEB da escola, o propósito principal é instigar o aluno ao aprendizado, valorizando o desempenho do mesmo ao longo do ano letivo, dessa forma, tanto o aluno quanto a escola são beneficiados”, explica o coordenador.

       Os alunos são avaliados longo do ano letivo, levando em consideração desempenho escolar, frequência, disciplina e o envolvimento nas atividades sociais, culturais e esportivas desenvolvidas pela escola, “os três alunos que apresentarem as melhores notas, entre o sexto e nono aluno, serão premiados no final do ano letivo”, ressalta o idealizador do projeto.

       Os vereadores ressaltaram a importância e possibilidade de ampliar o projeto para as demais escolas do município em 2020,

      Segundo o vereador Marcos Menin “é interessante receber este reconhecimento, ou seja, se o aluno apresenta um bom desempenho, nada mais justo que reconhecer”.

      Os vereadores Emerson Machado e Mequiel Ferreira, ressaltaram que “o projeto possui uma excelente potencialidade, podendo ser ampliado para as demais escolas do município já em 2020.

      É consenso entre os vereadores, que ações em parceria entre a Secretaria de Educação e a Prefeitura, poderão ser realizadas para viabilizarem a ampliação do projeto no município, visto que, implementar ações e estratégias que possibilitem o alcance de melhores resultados educacionais, são bem-vindos para qualquer município”.